COVID-19 e Câncer

Atualizado: 17 de jan.

A infecção por SARS-Cov-2 também pode resultar em atrasos significativos e devastadores no rastreamento, diagnóstico, tratamento e estratégias de monitoramento


Pacientes oncológicos são grupo de risco para complicações da COVID-19, sendo a doença ativa fator de risco maior para gravidade da infecção.

Entre os pacientes com câncer, portadores de neoplasia de pulmão, neoplasias hematológicas e doenças metastáticas apresentam maior risco.

Em um estudo brasileiro publicado no Journal of Clinical Oncology, foi evidenciada uma taxa de mortalidade de 16,7%, seis vezes mais que o índice global, de 2.4%. Ainda há poucos estudos na literatura para essa população específica, a maioria deles ainda retrospectivos e iniciais.


A infecção por SARS-Cov-2 também pode resultar em atrasos significativos e devastadores no rastreamento, diagnóstico, tratamento e estratégias de monitoramento em pacientes com câncer, o que pode causar um aumento do risco de morbidade e mortalidade relacionadas ao câncer.

 

Referências: COVID-19: vacinação de pacientes oncológicos 2ed - Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica / COVID-19 vaccination in cancer patients: ESMO statements

1 visualização

Posts recentes

Ver tudo