Rastreamento para câncer de pulmão

Atualizado: 10 de jan.

O foco está nos tabagistas


Uma nova recomendação de rastreamento para câncer de pulmão foi publicada recentemente no Journal of the American Medical Association (JAMA).


Fumantes ou ex-fumantes (que pararam de fumar há menos de 15 anos) entre 50 e 80 anos e com um histórico de 20 “anos-maço”, devem realizar anualmente uma tomografia computadorizada de tórax com baixa dose de radiação.

O foco está nos tabagistas, porque 80% dos casos diagnosticados estão associados ao cigarro e aos seus derivados, de acordo com o INCA.


Além disso, grupos que tendem a desenvolver esse tipo de câncer mais cedo e com menor exposição ao tabaco, como mulheres e negros, se beneficiarão dessa modificação no rastreio.

É importante lembrar que, mesmo sugerindo a realização de tomografias para mais pessoas, um rastreamento para a população em geral não é indicado.






2 visualizações

Posts recentes

Ver tudo